Arquivo da tag: UI

Solte os Bichos

Gejo e adolescentes da UI Sorocaba orgulhosamente convidam,

Para a exposição Solte os Bichos, de 1 a 10 de junho no Senac Consolação.
Rua Dr Vila Nova, 228, biblioteca (2o. andar)

Além das produções dos adolescentes, a mostra conta com as fotografias do processo, de Viviani Leite (foto do flyer eletrônico abaixo) e Rogério Fernandes.

Apareça, divulgue!

Antes o chão era cinza. Agora um colorido desajeitado, desordenado e desproposital tinge o cimento. As folhas, o lápis, o papel, as tintas e os sprays preenchem o espaço de cor e vida. As mãos, os gestos, os corpos se libertam para o exercício da criação. Livros e revistas servem como referência, como inspiração. Olhos arregalados e atentos. Planos e perspectivas são criados. Possibilidades passam a fazer parte do cotidiano. Esse encontro acontece todas as segundas e quartas-feiras com um grupo de adolescentes na Fundação Casa na Unidade de Internação de Sorocaba. É a oficina de grafiti com o artista plástico e arte educador Gejo.

Ampliar as figuras. Cortar os moldes. Desenvolver as cores. Estudar o jogo de luz e de sombra. A perspectiva. O ângulo. É a técnica do stencil. Carimbo urbano. Gravura anárquica estampada em telas e muros. A fonte de inspiração e identificação do grupo (tanto para os adolescentes quanto para o artista) é o tema: SOLTE OS BICHOS. Animais extintos e raros, excluídos do convívio humano. Misto de arrebatamento e repulsa, beleza grotesca, cores fortes, poesia biológica.

Esses bichos coloridos estão vivos. São frutos da curiosidade instigada por Gejo. Uma das brincadeiras feitas durante as aulas é imaginar os sons daqueles pássaros e insetos. Não se trata somente da transmissão de técnicas artísticas. O clima de alegria, criatividade e seriedade com o trabalho também faz parte do trabalho. De alguma forma tudo isso está irremediavelmente impregnado nas produções e na memória do grupo.

O processo de confecção dessas obras durou cerca de seis meses e o resultado que se apresenta é só uma parte do trabalho. Parte importante e significativa, Resposta positiva que renova a esperança nessa geração de adolescentes. Por meio do exercício da arte, podemos vislumbrar novas paisagens e possibilidades. Mais cor e menos aridez.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized